sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal

O Natal da minha infância é um lugar colorido, cheio de luzes a acender e a apagar, ainda não estava quase ninguém morto e ouvia-se sempre alguém a rir nos quatro cantos da casa velha. Ainda ouço o vento a bater nas árvores mais próximas das janelas, sinto o cheiro forte da terra depois da chuva e o calor da grande lareira da sala que nos juntava a todos. O presépio com imagens do tempo de Cristo, que eu até hoje posso jurar que tinham vida própria e se mexiam, os pastores e os reis magos a subirem o monte feito com musgo verdadeiro e terra e água, no centro a Sagrada Família, para onde tudo convergia naquela noite de vinte e quatro.

Aqueles dias foram fundamentais para o resto da vida, o que eu sou neste momento e o que gostaria de ser, os meus valores, aquilo que é realmente importante para mim. Hoje é dia de Natal porque o calendário manda. As imagens do presépio sobreviveram mas parecem mortas. A lareira extinguiu-se há muito, os adultos já não são crianças e não há árvores, nem terra, nem musgo. Nem sequer calor ou frio.

24 comentários:

paranoicoperturbado disse...

concordo ctg, mas este natal sinto ser diferente, pelo menos eu estou alegre, não com o ano, mas com o natal...

vlw pela visita no Paranoico, continue q eu vou retribuir

abraço

OGROLÂNDIA disse...

as memórias do Natal em família quando da infância, me tornaram bastante melancólico em relação à data.
Quando a gente cresce, o natal por ter se tornado tão comercial, leva embora a magia, e deixa a saudade dos que já se foram.
abraçogro.
www.ogroland.blogspot.com

Cabeça Feminina disse...

Achei seu blog mt interessant e estou seguindo-o

qnd pudr, de uma pssadinha no meu?

bjoos


http://cabecafeminina.blogspot.com/

Ítalo Richard disse...

Essa época sempre me remete a infância, era um ritual montar a árvore de natal todo ano, enfeitar a casa e tudo mais. Era bom demais, continua sendo...mas, antes era muito melhor, porque tudo era visto com olhos de uma criança.

abraço,
www.todososouvidos.blogspot.com

William disse...

Hoje não poderia ser outro comentário.
Passo para lhe desejar um Feliz Natal e que 2011
lhe traga muita paz, alegria e felicidades.
Abraço

William
www.tocadowilliam.com

Evandro Oliveira disse...

Não sou cristão, mas compreendo esse dia como importante para todo o ocidente, e sei que uma forte energia de bondade domina os corações nesse momento. Espero que essa data tenha um significado maior do que essa onda consumista que se tornou para os povos ocidentais, e que o desejo de paz, amor e compreensão domine seu coração.
Feliz Natal!

Passe no blog, tenho uma postagem sobre um livro que adoro.

http://sabordaletra.blogspot.com/

João Paulo disse...

Bom texto,Mai pra mim o natal não traz lembranças boas(nem ruins) apenas mais um dia na minha vida e eu fazendo o de sempre!

Nathacha disse...

Ola! No momento estou apenas seguindo o seu blog, mas prometo voltar para comentar as suas postagens! se puder seguir o meu agradeceria , passa la? Assim criamos um vínculo que ajuda da divulgação de ambos os blog! Abraços
http://medicinepractises.blogspot.com/

Felipe Souza disse...

Interessante teu texto...

Me fez lembrar Fernando Pessoa-Alvaro de Campos, em que ele fala da morte no Aniversário...

Parabéns pelo BLOG!!!

http://felipedesouza-psicologo.blogspot.com/

Fabrício disse...

Olha, não comemoro o Natal, não tenho boas lembranças dessa data Agora, desejo Boas Festas para todos. Se o Natal te faz ser uma pessoa melhor, então que continue assim. Boas Festas...

PCN disse...

Aqui em casa o Natal ainda é especial. Enfim, belo post!
http://papeisriscados.blogspot.com/

Wellington disse...

Lembranças do Natal passado. Muitas pessoas guardam elas! ^^ Eu estou no meu primeiro Natal sozinho! ...rsrsrs... Circunstâncias de um universitário doido. ...hihihi... Mas, pensar nos natais passados e nos que virão é legal.
Gostei de seu post apesar de no fim parecer ser triste! ^^

Abraços!

http://nwbgaido.blogspot.com/

bia santos disse...

Não gosto do Natal, lembro-me das pessoas que infelizmente não vão mais voltar!

Retribuindo seu comentário no meu blog!

Pedro disse...

O natal de quando a gente é pequeno, esse é inesqecível. Ai você cresce, percebe que as pessoas não comemoram o real significado, só querem comida, festa, falsidade....

Luiz Miguel disse...

Interessante sua visão desse assunto:

To seguindo seu blog veja o meu:

http://garimpodoeu.blogspot.com

Kássia Reis disse...

Eu me lembro de ajudar minha mãe a montar o presépio, da expectativa de rever os meus primos, de reunir a família, brincar com boneca nova. Difícil não sentir uma certa melancolia ao recordar. Belo texto. Gostei daqui.
Abraços!

JOY disse...

Mto bom texto...
Eu adoro essa data, não comemoro o nascimento de cristo! Mas ter a família reunida, a ceia e os amigos o dia inteiro de Natal, é maravilhoso

Barbara Nonato disse...

Apesar de todas as diferenças dos Natais passados e dos atuais, ainda sou apaixonada pela data. Não sei porque, mas percebo uma magia diferente no ar que me encanta... E como encanta!

Mas, te confesso que poderia ser ainda melhor. Quem sabe um dia, não é?

Excelente texto!

http://www.loucoporvoce.com.br/ disse...

Muito Legal mesmo adorei todos o penúltimo texto mas este aqui sei la mexeu

lucas_rs_90 disse...

Bom texto!
Não sei, mas com o passar do tempo, o dia do natal está ficando cada vez mais desinterresante, não sei cansativo.

Tenho um post sobre isso no meu blog, se der depois passe lá:

http://somadeinformacoes.blogspot.com/

Blog disse...

Hááá o natal, época cheia de lembranças...

Feliz natal.

Abraço.

Vanessa Pinho

www.donna.diario.com.br/poraqui

@marceloleite_ disse...

Nostalgia! Você escreve muito bem. Bonito modo em que se expressa! Até.
http://www.twitter.com/marceloleite_
Siga que retribuo!

Barbara Nonato disse...

Passei por aqui pra ver se havia publicação recente...
Boa semana. Bj!

Pobre esponja disse...

É verdade, amigo: Natal mesmo é o da infância... como eu gostava... hoje é a data que eu acho mais sacal do ano.

abç
Pobre Esponja