segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Sonhos de mulher

Conhecer alguém é difícil nos dias de hoje, quanto mais encontrar a pessoa com quem queremos passar o resto da vida. Não que faltem as opções, porque com a internet e a globalização nunca houve tanta escolha na história da humanidade, mas ao mesmo tempo parece que é mais complicado arranjar alguém decente, que sirva para apresentar aos pais, ter almoços de Domingo, convidar para ir aos aniversários dos sobrinhos, ir de férias para partilhar momentos verdadeiros e não apenas uma cama para sexo. Não me consigo imaginar a ter filhos com nenhum dos homens com quem saí nos últimos anos. E mesmo que na altura tivesse imaginado isso, vejo agora que eram momentos de pura ilusão, erros que felizmente não cometi. É assim que começamos a duvidar da existência do amor. A paixão, essa sei bem demais que é real. Mas o amor... onde foram parar os contos de fadas, os princípes e as princesas, os finais felizes. Ainda hoje espero que um cavaleiro salvador apareça e finalmente me liberte da realidade das eternas semanas de trabalho e solidão.

Aos vinte anos, queremos começar a vida junto do homem que sempre sonhámos, ele alto, bonito, carinhoso, fã de comédias e amigo dos animais, com um emprego importante e viciado em exercício, nós a trabalhar num escritório de dia e a divertir-nos de noite.

Aos quarenta, os requisitos físicos deixam de ser importantes e basta alguém que goste da nossa companhia, que ganhe mais dinheiro do que nós, seja de boas famílias, que adore os filhos que tivemos com outro, mas que ainda queira ter filhos e seja suficientemente saudável para brincar com eles.

O tempo passa e o amor, tal como o idealizámos um dia, deixa de existir. Passa tudo a ser mais prático, mais frio. Hoje quero apenas contar com alguém, ou pelo menos ter ao meu lado uma pessoa que não me desiluda naquilo que é mais importante. Não preciso contar todos os meus segredos, mas quero ter alguém a quem me queixar quando precisar desabafar, que me ouça com o mínimo de paciência quando eu tiver um ataque de nervos irracional.

A única coisa de que tenho medo é morrer sozinha. Quando envelhecemos deixamos os receios e ansiedades de lado, mas este em particular fica e aumenta de ano para ano. Porque podemos chegar a velhas sem encontrar ninguém, ou ele pode muito bem fazer a desfeita de morrer primeiro. Quanto aos meus filhos, se um dia os tiver, vão fazer o mesmo que eu e pôr os pais num asilo logo que tiverem oportunidade. Não os posso censurar por isso. Na verdade, toda a gente morre sozinha. Talvez num qualquer quarto de Hospital rodeada por gente estranha, médicos apressados e enfermeiras mal-educadas. Talvez numa rua, com pessoas a correr de um lado para o outro a chamar por uma ambulância. Ou até talvez na nossa própria cama, com a família toda espalhada pela casa, à espera que o inevitável aconteça para que as suas vidas voltem depressa ao normal.

30 comentários:

@thiagoenfer disse...

bom este texto enehnh gostei muito !!

Fabricio bezerra da guia disse...

os sonhos de uma mulher são diferentes dos sonhos dos homens.As mulheres querem casar e ter filhos e uma boa carreira,ou só ter uma boa carreira.os homens pensam em se casar e viver normalmente

Rodz Online disse...

Acho que o mundo está cada vez mais banalizadoe vulgarizado e a moral, a base familiar, está cada dia mais dificil de se ver. Por isso é tão dificil encontrar alguem descente.

abçs

http://rodzonline.blogspot.com/

-----------------------------------
Twitter: https://twitter.com/RodrigoTheRock
-----------------------------------
Participe da Comunidade do Orkut Blogs sobre Rock e Cinema:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97308660

Neuro-Musical disse...

Você tem o mesmo medo que eu, de morrer sozinho! No momento não procuro ninguém porque não preciso. Tenho apenas 16 anos e penso em curtir, mas também penso em minha carreira profissional e realização pessoal... Lá pelos 30 caso hehe

http://cerebro-musical.blogspot.com

Diego Janjão disse...

Mulher sonha de verdade, homens fantasiam!
Belo texto!

Renan Leal disse...

na verdade, a internet e aglobalização só deu a liberdade das pessoas serem vulgares e mentirosas, sem se comprometer, inclusive fazer perfis "FAKES", vivemos na era fake, sorrisos plásticos, abraços vazios, afinal, somos domesticados por políticos corruptos...

Emmy S. disse...

caraca, valeu por passar no meu orkut, gostei do seu blog..
o texto é bom e realmente fala sobre sonhos femininos, mas ainda existem algumas que fujam à essa regra, querem só viver...
que se dane a sociedade, os homens que a machucaram, as pessoas que passaram por nossas vidas e não deixaram nada de bom.. tudo, esquecer tudo e viver, eu sou um exemplo disso ;) e gosto de viver por viver, claro que no subconsciente(?) eu quero alguém pra chamar de meu e todo o resto do pacote, mas ficarei bem em viver feliz sem isso :)

Millena Blogueira disse...

Está cada vez mais difícil e pra mim quase impossível, encontrar alguém nos dias de hoje.

Carol Silva disse...

sou da comunidade do orkut Eu Tenho Um Blog e participei do tópico de comentários. Adorei! de verdade, esse seu post diz tudo! e sabe é interessante os caras lerem apesar de parecer que seja conteúdo só feminino e hoje em dia nem existe essa dualidade. Quando a gente escreve é pra todos. Adorei! beijo !

Blog do Camelo disse...

Heheh ... realmente é dificil encontrar alguém ... no meu caso mesmo foi dificil pra caramba ... mas encontrei e por incrivel q pareça foi pela internet, hj somos casados e felizes hehe ..o importante é nunca desistir e enquanto num acha a certa divirta-se com as erradas hehe

biah disse...

Linda reflexão. Tão linda que me fez pensar nos pontos escritos aí. Amor, tão complicado né? Tão difícil de entender, mas talvez seja assim difícil porque nós mesmos deixamos acontecer. As pessoas se sentem no direito de brincar com o coração dos outros sem pensar nas consequências, e no fim não sabemos mais quem brinca e quem ama, por isso é tão difícil ficar com alguém.

Pedro disse...

As mulheres pensam diferente de nós homens , enquanto elas querem algo, nós queremos outro!!

Bikelando disse...

Ainda que o sonho feminino seja diferente do masculino, o modo como os sonhos definham com o passar do tempo parece ser igual para ambos e a necessidade de não sentir-se só, de ter alguém para compartilhar a vida em si independente de a pessoa ter ou não as virtudes outrora sonhadas faz-se essencial à felicidade.
Mesmo assim, nascemos sós e sós morreremos

Pedro disse...

Parabéns,

Gostei muito do texto!!

Gutt e Ariane disse...

O Amor está um pouco banalizado hoje em dia. Ainda mais com esse câncer chamado FUNK, que idolatra aquele(a) que consegue trair mais o parceiro. Uma cultura que cresce ouvindo isso, como se pode esperar os romances de outrora?

CINECLUBE01 disse...

eu tava pensando sobre esse mesmo assunto nesses dias. O que vc falou no post hoje vale tanto para mulheres quanto para homens. Também é dificl encontrar uma mulher para viver pelo resto da vida hoje em dia. E todos nós temos esse medo de morrer sozinhos sem que ninguém lembre de uem somos após a morte

fabis disse...

e verdade os bons tempos ja se foram

http://afffveioo.blogspot.com/

ATRIBUTOS disse...

Gostei muito deste texto.
Vim cá parar porque fez o favor de comentar uma fotografia minha no Aventar.
Vou seguir este seu sítio.

Melhores cumprimentos

José Fernando Magalhães

ALIMAC disse...

Homens e mulheres podem ter pensamentos diferentes, mas elas qdo querem (ou não) podem ser mto piores em alguns casos.

haha nem sou o.o
mas obrigada msm assim, se nao foi ironico x)

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Digho disse...

Hoje em dia as pessoas tem uma variedade de "opções" de companheirismo,ficam sem compromisso, independentes.Isso acaba fazendo com que quando tentem um relacionamento mais serio se acham frustrados pois estão acostumados em ser independentes afetivamente.Muitos perderam o encanto por amar, encontrar alguem para a vida toda.

Alexandre Terra disse...

mt bom o texto, acho q por mais q as coisas mudem e as pessoas fiquem diferentes, o desejo de encontrar alguem eh forte e continua!

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

Experiência, experiência, velha e sabia experiência... Mulheres são seres que com isto podem ir a Roma!

Erika disse...

Muito bom!

http://gleerika.blogspot.com/

Fagnão! xD disse...

as mulheres principalmente hoje em dia... tem o desejo incontrolável de serem independentes e bem sucedidas... enquanto os homens só querem ter uma vida confortavel e tranquila



http://www.popundergroundofgod.blogspot.com/

Diego disse...

bom este texto, adorei mesmo.

http://pontoclassificados.com

Lєσиαяdσ disse...

Esse texto disse tudo, parabéns!!

Inês disse...

O texto está bem colocado, e olha que so sei de uma coisa, depois dos 40, o que importa é ter dinheiro o sufuciente pra pagar todas as contas do mês. E saúde, com saúde a gente corre atrás de outras coisas...

Lunaticools disse...

È contraditório, pois com a net, ao contrário de aproximar os "alma gêmeas", tornou tão fácil bloquear e desbloquear, que as pessoas passaram a idealizar em cima da idealização...e a não terem paciência para conhecer deveras a pessoa com que tecla, entre outros.
A banalização tem parte da net, mas é um conglomerado muito maior - com Xuxices, bombardeio de paradigmas midíanos, etc

abç
Pobre Esponja

Vitória Jacob disse...

belo texto!
podia não ser assim...

Silvia disse...

Lindo texto! Parabéns!! Lindas palavras, verdadeiras... reais. Pois é, acho q é mais ou menos isso. Sonhos e mais sonhos... infelizmente, muitas vezes não realizados. Sonhos esses referentes ao "amor, à alma gêmea". Isso, com certeza, está ficando de lado. Cada vez mais, convivemos numa sociedade com uma total inversão de valores. A "banalização" da boa família... da união espiritual, real e sincera entre dois seres. Aí está, eis a questão... Total escassez, é quase coisa doutro mundo. É isso.