terça-feira, 18 de novembro de 2008

Chuva de Maio

Lá fora a chuva caía e as gotas de àgua molhavam o betão quente da escola. Em pouco tempo, o calor dum Maio impaciente era substituído pela melancolia do barulho da chuva fresca lá fora. Aqueles eram os dias do fim dos tempos. Estávamos todos quase a padecer de uma doença incurável chamada idade adulta. A partir daí passaríamos a partilhar as horas num escritório com pessoas que nunca nos diriam nada e cujo único ponto em comum seria pisarmos os mesmos metros quadrados de carpete.

A vida era uma montanha russa em que tínhamos acabado de entrar e da qual sairíamos inevitavelmente em pouco tempo. O coração batia de excitação, de surpresa, de satisfação, batia por tudo e por nada, num mistério delicioso e surpreendente que não queríamos descobrir. Vivíamos todos num filme com uma banda sonora que nos inspirava e éramos os personagens principais de uma história interminável repleta de romance, fantasia, suspense, aventura e tudo o que fazia o mundo girar. Todos tínhamos segredos fantásticos, paixões destemidas, todos sempre juntos no amor, na tristeza, nos sonhos e nas lágrimas da chuva de Maio. Tudo acabou no último dia de aulas, num qualquer toque de campaínha. Na altura não nos apercebemos que era o início duma batalha letal da qual nenhum de nós sobreviveu.

22 comentários:

Danilo disse...

todos nós vivemos esse instante e você o capturou muito bem.

rosangela disse...

coisas que acontece com todos não há como "fugir" disso .. faz parte .. fazer oq.. o negocio é enfrentar ...srsrsrs


gostei muito do texto

Abç.

30 e poucos anos. disse...

Pisar o mesmo metro quadrado de carpete ... muito bem colocado.

Maicon disse...

Parabens pelo texo "Chuva de Maio"
Sinto muitas saudades quando era mais jovem, não tinha problemas, não precisava trabalhar, não tinha responsabilidade, tudo era fantatisco, descobertas, aventuras,paqueras,, velhos tempos que não voltam mais....

http://www.seumundoaqui.blogspot.com/

Marcos disse...

é a vida....mais como me disseram outra vez...

"amanha vai ser melhor do que hoje,é avida pode crer."


belo blog para uma reflexão

Bruno disse...

Texto muito bem escrito.

Luis Filipe disse...

Você tem razão
o texto ficou muito bom
mostrou tudo quesentimos na vida da escola

Henrique Hemidio disse...

Putz!
Esses pexinhos nadando aí do lado tiram a atenção da gente, mas num curti o texto naum...
Flw Bro!

info-excluído@pessoa disse...

Fogo de letras!
àgua?
Àgua!

Guilherme Santos disse...

e ai cara
seu blog tah show
sucesso


abraços

Anónimo disse...

Parabens pelo seu bl
og mt sucesso

Popoka disse...

este texto mostra como muitos escrevem pelos seus sentimentos =D

Bia *~* Ballu disse...

Você conseguiu colocar num texto muito sentimento. Parabens :)


http://alacarte-domeujeito.blogspot.com/

iti disse...

rotina, todos "vivos" passam por momentos tristis e alegrias, todos evelhecemos, todos morremos...
etc e etc...


http://500x100.blogspot.com/

Joana disse...

O que não devemos é deixar perecer a criança que há em nós... Há que trazer de novo à tona os sorrisos, as alegrias e alguma ingenuidade...

caahRockStar disse...

Sucesso com o blog!!]
bzÚ

Cássia Barbosa disse...

Mas e aí???
Não me respondeu qual a coisa com maior valor sentimental na sua gaveta.

Cássia Barbosa disse...

Era sim... Pra responder sim hahahahahahahaha
Ué, tem coisas na teoria e na prática? não havia pensado nisso.
Ainda fui lá ver o q eu não jogaria fora de jeito maneira, e só encontrei a caderneta.
isso é algo prático né? ou concreto?
iiiiiiiiih, me confundiu hahahahahaha
Mas era pra responder sim.

Trujillo disse...

A morte e sempre o inicio de um novo cenario, momento, lembranca... infinitas possibilidades... Bom texto.
Abrcs

Vitoria Esewer disse...

Nossa,que lindo...

Achei seu blog por puro acaso (estava procurando uma coisa que não tinha nada a ver) mas foi um belo achado.

A cada fase da vida que terminamos, é como se morressemos e nascessemos de novo.

Bjs
=)

Rause disse...

Mto bem escrito e totalmente verdadeiro... aa se quando criança soubessemos o que é ser adulto =/

bjsbjs

Herbert disse...

uahsuahsua..meu terceiro post seguido..rsrsrs...a chuva me faz ficar na janela parado vendo ela cair...viajo neste momento refletindo tudo do que já aconteceu na minha vida.